Topo
Blog do Julio Gomes

Blog do Julio Gomes

Categorias

Histórico

Tiago Nunes deveria assumir o Corinthians logo após o dérbi

Julio Gomes

05/11/2019 18h33

Tiago Nunes é o novo técnico do Corinthians.

Aposta arriscada?

Para ele, alto risco, alta recompensa. Pode se queimar, tendo o trabalho exposto para o país inteiro. Pode se consagrar, pegando um gigante que parece adormecido (além de adormecer todo mundo quando joga). Se ele se considera pronto, tem que pegar.

Risco para Andres Sanchez? Zero. Aposta no técnico brasileiro novo e em alta. Se der errado, a culpa não é dele. Joga para a torcida ao contratar Nunes, não necessariamente joga para as finanças (capengas) do clube.

E para o Corinthians? Algum risco. É um técnico novo, que ainda não passou por nada nem perto de um Corinthians. Como vai lidar com essa nova situação? Só o tempo dirá. Mas há o risco bom. De o Corinthians evoluir um pouco deste jogo defensivo que marcou o clube ao longo da década.

"Ah, mas deu resultado". Deu, mas não dará mais. O futebol mudou e o futebol brasileiro agora tem um par de potências (Flamengo e Palmeiras). Esse joguinho aí não trará mais frutos grandes.

O debate agora é quando Tiago Nunes vai assumir o cargo.

Ele quer férias com a família. E, além do mais, pegar o Corinthians agora e não ficar no G7 ou G8 – ficar fora da Libertadores, enfim – pode comprometer todo seu trabalho para o ano que vem. Começa 2020 já criticado e com interrogações, como aconteceu com Jardine no São Paulo.

Por outro lado, ele pode tirar férias e voltar daqui a um mês para planejar 2020. Enquanto isso, fica nas mãos de Coelho. Ele não se expõe. Mas mostra também um certo distanciamento do clube, um certo descomprometimento, até. Oras, se o cara trocou de clube, que troque logo e assuma o abacaxi. Outra coisa: e se Coelho arrebentar nestes oito jogos finais do Brasileiro? Como fica?

O que eu faria se fosse ele:

Tiraria uma semana de folga, iria descansar a cabeça em alguma praia e assumiria o Corinthians na terça-feira que vem, daqui uma semana.

Espera passar os jogos complicados contra Fortaleza e Palmeiras e logo pega o time.

Assim ele afasta o risco de começar tomando uma piaba para o Palmeiras. Afasta o risco de Coelho ganhar 8 jogos seguidos. Afasta o risco de ser acusado de "medroso" ou "descomprometido". E já passa a ter contato com o elenco atual, ganhar informações para planejar a temporada que vem.

 

Sobre o Autor

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

Sobre o Blog

Este blog fala (muito) de futebol, mas também se aventura em outros esportes e gosta de divagar sobre a vida em nossa e outras sociedades.

Blog do Julio Gomes