Topo
Blog do Julio Gomes

Blog do Julio Gomes

Categorias

Histórico

O grande vencedor da batalha de Porto Alegre foi o Palmeiras

Julio Gomes

03/10/2019 16h54

Após a semifinal da Libertadores, não estavam sorridentes nem Jorge Jesus nem Renato.

Para o Grêmio, o empate em casa não é bom, apesar de ter sido conseguido em condições adversas – poderia até ter sido goleado. Para o Flamengo, o empate fora de casa é um resultado para lá de aceitável, mas não depois do jogaço realizado e das tantas chances de gol – três anulados.

Um estava frustrado por não ter saído com a vitória definitiva. O outro, preocupado pela inferioridade flagrante.

Entre frustrados e preocupados, quem deveria estar sorrindo em casa era Mano Menezes.

Setembro era o mês ideal para o Flamengo abrir vantagem no Brasileiro. Tinha o mês limpo, sem Libertadores nem Copa do Brasil, com jogos em casa contra adversários diretos. O Fla fez a parte dele, mas o Palmeiras, com a troca de Felipão por Mano, reencontrou resultados e não ficou para trás.

Outubro, por outro lado, é o mês ideal para o Palmeiras tomar de novo a dianteira do campeonato.

Por que? Porque será o mês mais complicado para Jorge Jesus desde a chegada ao Flamengo.

Gabriel e Rodrigo Caio, peças fundamentais, vão passear em Cingapura com a seleção de Tite. Arrascaeta não vai mais para a seleção uruguaia, mas por um motivo pior: lesão, artroscopia, um mês fora. O problema com Gérson parece ser simples, mas Felipe Luís é outro que desfalcará o Flamengo por algumas partidas.

O português não poderá repetir seu 11 de gala, fortíssimo 11 de gala, como fez no mês passado. Vai ter que se virar com reservas. E os reservas não estão nem perto do mesmo nível dos titulares. Passa a ser um Flamengo mais "mortal", mais parecido com o do ano passado. Bom, mas não tão superior assim ao resto da turma.

Já o Palmeiras, com um time forte, não tem elenco desfalcado por seleções, recuperou a confiança e tem peças de reposição, caso haja percalços no período. Além de não ter preocupação alguma com outras competições, somente tratar cada jogo do Brasileiro como uma final de campeonato.

Vamos comparar os duelos de cada um rodada a rodada até o fim do mês?

23a rodada:
DOM 6/10 11h Chapecoense x Flamengo
DOM 6/10 16h Palmeiras x Atlético-MG
O Fla pega um desesperado, em horário incomum, e com muitos desfalques. O Palmeiras enfrenta um Galo destroçado. Boa chance de a diferença cair aqui.

24a rodada:
QUA 9/10 21h30 Santos x Palmeiras
QUI 10/10 20h Flamengo x Atlético-MG
Aqui a situação se inverte. O Palmeiras pega um rival difícil, o Flamengo enfrenta o Galo. Bom para o Palmeiras que o Santos enfrenta clara queda de rendimento. Em teoria, no entanto, é rodada para o Flamengo abrir vantagem.

25a rodada:
SAB 12/10 21h Palmeiras x Botafogo
DOM 13/10 16h Athletico-PR x Flamengo
Volta a ser uma rodada boa para o Palmeiras. Enfrenta um adversário fraco em casa (Pacaembu), enquanto o Flamengo vai a um campo historicamente difícil para ele, enfrentar o rival que foi seu algoz na Copa do Brasil.

26a rodada:
QUA 16/10 20h Fortaleza x Flamengo
QUA 16/10 21h Palmeiras x Chapecoense
Enquanto o Palmeiras faz seu quarto jogo seguido no estado de São Paulo, o Flamengo tem um dia a menos de descanso e precisa partir de Curitiba a Fortaleza, pegar outro rival encardido. Mais uma chance para o Palmeiras, talvez, tomar a liderança.

27a rodada:
DOM 20/10 18h Flamengo x Fluminense
DOM 20/10 19h Athletico-PR x Palmeiras
Aqui a rodada é melhor para o Flamengo. Clássico é clássico, no entanto, e será a véspera do jogo contra o Grêmio – ou seja, haverá poupados.

QUA 23/10 Flamengo x Grêmio (Libertadores)
Palmeiras tem semana inteira de folga

Depois disso, o Flamengo enfrenta CSA (casa), Goiás (fora, mas quase em casa), Corinthians (casa), Botafogo ("fora") e Bahia (casa) até ter uma semana inteira livre novamente.

Já o Palmeiras enfrenta Avaí (fora), São Paulo (casa), Ceará (casa), Vasco (fora) e Corinthians (casa) no mesmo período.

Ou seja, após a semifinal da Libertadores, o Flamengo passa a ter um grupo de jogos ligeiramente mais favorável ao do Palmeiras. Mas pode ser que, neste momento, já esteja atrás na tabela. Porque, antes, o Palmeiras tem três rodadas flagrantemente favoráveis a ele (contra uma para o Flamengo e uma neutra).

Meu palpite?

O Palmeiras faz 12 ou 13 pontos nas próximas cinco rodadas. O Flamengo faz 10.

Tem muito campeonato aí. O grande desafio do Flamengo, com tantos desfalques no meio da maratona, é chegar à frente ou junto do Palmeiras na reta final. É a hora do resto do elenco mostrar que (se) tem valor.

Ninguém venceu o jogão de Porto Alegre. Só quem não jogou.

Sobre o Autor

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

Sobre o Blog

Este blog fala (muito) de futebol, mas também se aventura em outros esportes e gosta de divagar sobre a vida em nossa e outras sociedades.

Blog do Julio Gomes