Topo
Blog do Julio Gomes

Blog do Julio Gomes

Categorias

Histórico

Implosões de Real Madrid e Tottenham na Champions

Julio Gomes

01/10/2019 18h07

O primeiro gol, de Sergio Ramos, foi validado pelo VAR – mas, pela imagem da TV, o zagueiro madridista parece em claro impedimento. OK, vamos confiar na tecnologia.

No segundo gol, de Casemiro, o brasileiro completa de cabeça uma cobrança de falta em um lance em que não houve falta – o juiz, além de marcar, ainda expulsou o jogador do Brugge.

Foi assim que o Real Madrid conseguiu se livrar de um vexame maior, já não fosse feio empatar em casa contra um time da Bélgica.

Depois de um início de temporada horrível, o Real Madrid foi se recuperando no Campeonato Espanhol – no fim de semana, por exemplo, fez um clássico firme contra o Atlético. Sem brilho, mas sem sustos. Lidera o campeonato.

Na Champions, porém, voltam os fantasmas… depois da estreia patética contra o PSG, vem o empate com o Brugge. O grupo é fácil, ou pelo menos parece fácil. O PSG vai ser primeiro, isso está claro. E o problema para o Real é ter de jogar contra o Galatasaray, na Turquia, apenas quatro dias antes do clássico contra o Barcelona pelo Espanhol.

Fantasmas são fantasmas. O Real é um time que não passa firmeza alguma na temporada.

Assim como o Tottenham. Depois da campanha de sonho, chegando à final da Champions League passada, o time de Pocchetino parece andar para trás.

Alguns resultados estranhos na Premier, eliminação na Copa da Liga Inglesa para o minúsculo Colchester e, agora, 7 na testa. O Tottenham ainda não conseguiu ganhar dois jogos seguidos nesta temporada. Tem algo estranho no ar, e a implosão diante do Bayern pode precipitar mudanças.

De resto, rodada normal, com vitórias de Manchester City, Juventus e Atlético de Madrid, três dos candidatos ao título.

 

Sobre o Autor

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

Sobre o Blog

Este blog fala (muito) de futebol, mas também se aventura em outros esportes e gosta de divagar sobre a vida em nossa e outras sociedades.

Blog do Julio Gomes