Topo
Blog do Julio Gomes

Blog do Julio Gomes

Categorias

Histórico

A merecida consagração de Klopp, o melhor do mundo

Julio Gomes

2001-06-20T19:17:53

01/06/2019 17h53

José Mourinho foi o anti-Barcelona. Nos anos mais dourados do clube catalão, eram os times "chatos" de Mourinho os grandes desafiantes: Chelsea, Inter, Real Madrid. Depois, Jurgen Klopp virou o anti-Guardiola, com Borussia Dortmund e Liverpool desafiando sempre de cabeça erguida os esquadrões guardiolistas.

Diferença fundamental: a forma. Enquanto Mourinho sempre buscou o seu final feliz com defesa, briga e bronca, Klopp sempre pautou seus times de outra forma: a agressão, o ataque, a busca da real felicidade, mais além do resultado.

Mourinho irrita. Klopp encanta. A tal ponto de nem mesmo ser visto como o anti-Guardiola. Ganhou vida própria. Klopp é quem melhor entende o futebol de hoje em dia, o técnico que incorpora o espírito que os torcedores mais desejam: agressão, ousadia, coragem, simpatia, bom humor, respeito.

Klopp, finalmente, chega a seu momento máximo com o título europeu para o Liverpool.

Não ganhou a Premier League por um ponto, apesar da histórica campanha de 97 pontos. Mas, na Champions, resolveu uma conta pendente. E em grande estilo, passando pelo Bayern de Munique, o Barcelona e, claro, o Tottenham na final.

Jogo condicionado pelo pênalti com 1 minuto de bola rolando, é verdade. Um pênalti que eu não teria marcado, a bola bate na axila de Sissoko, não no braço. Dá para marcar, mas eu não marcaria. O lance é difícil, e adoro o fato de o VAR não ter chamado o árbitro para revê-lo. O VAR serve para erros crassos, não para árbitro ficar tirando dúvida via monitor.

A partir daí, o Liverpool recua as fileiras e deixa a bola para o Tottenham – que não é um time especialista em saber o que fazer com ela. Sem meio-campistas de criação, o Tottenham rodou, rodou, girou, girou, mas nunca assustou.

Mesmo com as trocas no segundo tempo, o Tottenham nunca pareceu capaz de empatar. O Liverpool não fez seu melhor jogo na temporada, longe disso. Sentou no 1 a 0, nunca agrediu. Até que Origi, o herói improvável da semi, fez mais um gol gigantesco na Champions.

O Liverpool é o justo campeão da Europa. É o melhor time do mundo, com o melhor técnico do mundo. Agora, devidamente laureado e colocado em seu lugar: o topo.

 

Sobre o Autor

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

Sobre o Blog

Este blog fala (muito) de futebol, mas também se aventura em outros esportes e gosta de divagar sobre a vida em nossa e outras sociedades.

Mais Blog do Julio Gomes