Topo
Blog do Julio Gomes

Blog do Julio Gomes

Categorias

Histórico

Muito jogo para pouco gol na Champions

Julio Gomes

2019-02-20T19:18:55

19/02/2019 18h55

Liverpool x Bayern e Lyon x Barcelona foram os típicos jogos europeus. Muita intensidade, bem jogados, sem mimimi com arbitragem, o tempo inteiro com suspense. Mas ambos acabaram empatados por 0 a 0.

Algum chato dirá que os jogos foram ruins – afinal, o resultado manda.

O Bayern fez um ótimo primeiro tempo em Liverpool, conseguiu controlar a bola por mais de 60% e, se não chegou a ser agudo em qualquer momento, pelo menos conseguiu fazer o plano de jogo funcionar: não deu chances à veloz transição do time de Klopp. E obrigou Alisson a fazer um milagre.

No segundo tempo, o Liverpool melhorou em campo, aumentou a intensidade e criou mais chances. Empurrou mais o Bayern para trás.

O 0 a 0, em um mata-mata com gol fora qualificado, é aquela coisa: fica tudo escancarado para a volta.

Ao time da casa, no caso, o Bayern, "basta" vencer. Ao time que joga fora, "basta" empatar, seja para levar a prorrogação e pênaltis, seja para se classificar (empate com gols).

O Bayern, dominante na Alemanha, mas frustrado nas últimas empreitadas europeias, neste ano corre atrás do Dortmund na Bundesliga. O foco total é a Europa.

O Liverpool, pelo contrário, tem foco total na Premier League, que nunca conquistou (na era moderna). Está na hora. Esse fator doméstico pode fazer a diferença para a volta.

No outro confronto, não houve equilíbrio. O Barcelona foi superior ao Lyon durante toda a partida e teve várias chances para vencer – inclusive duas faltas para Messi bater (sem sucesso) na meia-lua.

Mas o Lyon, um time rápido e perigoso, que já venceu Manchester City e PSG na temporada, teve duas bolas no primeiro tempo que talvez tenham sido as melhores do jogo. É um time traiçoeiro.

Para o Lyon, o 0 a 0 em casa não é ruim. Arrumar um gol em Barcelona pode colocar o time azul-grená contra a parede. O Barça se lamenta não tanto por como ficou a eliminatória, mas por ter não ter vencido um jogo que dominou.

Se na semana passada tivemos muitos gols e a classificação virtual de PSG, Real Madrid e Tottenham, desta vez tudo fica mais que aberto na Europa.

 

Sobre o Autor

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

Sobre o Blog

Este blog fala (muito) de futebol, mas também se aventura em outros esportes e gosta de divagar sobre a vida em nossa e outras sociedades.

Mais Blog do Julio Gomes