Blog do Júlio Gomes

Santos, voando com Cuca, pode ser fiel da balança no Brasileiro

Julio Gomes

Santos e Paraná. Estes são os únicos dois clubes que, daqui até o fim do Brasileiro, enfrentam os três líderes da competição – realisticamente falando, únicos que podem chegar ao título: Palmeiras (59 pontos), Internacional (56) e Flamengo (55).

O Paraná, lanterna e virtual rebaixado, joga com os três em casa. Recebe o Flamengo no próximo fim de semana (rodada 30), o Palmeiras na 35a rodada e o Inter na última.

Mas quem promete mesmo ser o fiel da balança é o Santos, que visita os três postulantes à taça e busca entrar no G6, para estar na próxima Libertadores da América. Vai ao Beira-Rio na segunda-feira que vem, fechando contra o Inter a próxima rodada. Faz o clássico contra o Palmeiras na rodada 32 (4/11) e vai ao Rio pegar o Flamengo na 34 (14/11). Nas próximas cinco rodadas, que prometem encaminhar o campeão, em três delas o Santos estará frente a frente com um dos times que ocupam as três primeiras posições da tabela.

E isso é muito relevante, principalmente pelo fato de o Santos ser um dos times mais quentes do campeonato – neste momento, só o Palmeiras vive fase ainda mais consistente.

Antes da chegada de Cuca, o Santos (com Jair Ventura) havia vencido 4, empatado 4 e perdido 7, feito apenas 16 pontos, com 36% de aproveitamento (números de Z4) e, em média, mais de um gol sofrido por partida.

Desde agosto, com Cuca, o Santos ganhou 7, empatou 5 e perdeu 2 jogos no Brasileiro, aproveitamento de 62% (números de G4). A defesa levou apenas sete gols, um a cada duas partidas, e Gabriel Barbosa virou artilheiro isolado do campeonato.

Após um início ruim, de quatro jogos sem vitórias, Cuca levou ao Santos a uma ótima sequência. O time só perdeu uma das últimas 14 partidas que fez pelas três competições (está eliminado da Libertadores e da Copa do Brasil), sofrendo apenas quatro gols nesta série de jogos.

Curiosamente, Felipão reestreou pelo Palmeiras na mesma rodada de Cuca, a 17a do campeonato, antepenúltima do turno. Com Luiz Felipe Scolari, o Palmeiras está invicto no Brasileiro e tem um aproveitamento surreal, de 96%.

Se pegarmos somente este recorte do campeonato, de agosto para cá, desde as chegadas de Scolari e Cuca, o Palmeiras é o time de melhor aproveitamento, tanto que chegou à liderança, o Inter é o segundo (69% dos pontos ganhos), o Atlético-PR vem em terceiro e, o Santos, em quarto. Se tirarmos da conta os tropeços iniciais da era-Cuca, no entanto, o Santos só fica atrás do Palmeiras.

No turno, o Santos perdeu do Inter em casa (1-2) e empatou com Palmeiras (1-1) e Flamengo (1-1). Como serão os confrontos do returno, agora que o time ganhou tanta solidez e mudou de cara?

Faltam somente nove rodadas para o fim do campeonato e tudo indica que o campeão será quem estiver na frente após a rodada 34, principalmente se esse time for o Palmeiras, que tem confrontos melhores que a concorrência nas rodadas finais.

Nos jogos do primeiro turno contra os adversários que ainda têm pela frente, o Internacional somou 22 de 27 pontos possíveis. O Palmeiras fez 16, sendo 6 ainda em 5 jogos com Roger e 10 pontos em 4 jogos com Scolari). Já o Flamengo somou 14 pontos contra os adversários que tem pela frente, com derrotas para São Paulo, Grêmio e Atlético-PR, três das seis que sofreu no campeonato todo.

No pós-Copa, o Flamengo é um time com desempenho pior do que Palmeiras, Inter e o ''intruso'' Santos. Mas, desde a chegada recente de Dorival Jr, não sofreu um gol sequer e conseguiu vitórias contundentes em Itaquera e no Fla-Flu. E ainda tem a vantagem de fazer um confronto direto, em casa, contra o Palmeiras (sábado, 27/10).

Palmeiras e Inter, os dois melhores mandantes do Brasileiro (o Inter segue invicto em Porto Alegre), fazem cinco jogos em casa e quatro fora na reta final. Já o Fla joga quatro em casa e cinco fora.

Estes são os jogos que faltam para os candidatos ao título Brasileiro:

Rodada 30
Palmeiras x Ceará
Paraná x Flamengo
Inter x Santos

(meio de semana: Boca Juniors x Palmeiras)

Rodada 31
Vasco x Inter
Flamengo x Palmeiras

(meio de semana: Palmeiras x Boca Juniors)

Rodada 32
São Paulo x Flamengo
Palmeiras x Santos
Inter x Atlético-PR

(meio de semana: primeira final da Libertadores)

Rodada 33
Botafogo x Flamengo
Atlético-MG x Palmeiras
Ceará x Inter

(rodadas 34, 35 e 36 afetadas por data Fifa)

Rodada 34 (meio de semana)
Flamengo x Santos
Palmeiras x Fluminense
Inter x América

Rodada 35
Paraná x Palmeiras
Botafogo x Inter
Sport x Flamengo

Rodada 36 (meio de semana)
Flamengo x Grêmio
Palmeiras x América
Inter x Atlético-MG

Rodada 37
Cruzeiro x Flamengo
Vasco x Palmeiras
Inter x Fluminense

(meio de semana: segunda final da Libertadores)

Rodada 38
Paraná x Inter
Flamengo x Atlético-PR
Palmeiras x Vitória